Vai a júri mulher acusada de matar a irmã em Bento Gonçalves


(Imagem meramente ilustrativa/Arquivo TJRS)

Acontece nesta quinta-feira, 11/7, a partir das 9h, no Foro de Bento Gonçalves, o júri popular de Ana Paula Marim Bittencourt, acusada de matar a irmã, Aparecida. A sessão de julgamento será presidida pela Juíza de Direito Fernanda Ghiringhelli de Azevedo, da 1ª Vara Criminal da comarca. Sem testemunhas convocadas, apenas a ré deve ser ouvida em plenário

O caso

A denúncia apresentada pelo Ministério Público - mantida na sentença de pronúncia, aquela que manda um réu a júri - aponta o cometimento de homicídio qualificado (com emprego de asfixia/meio cruel).

O fratricídio teria acontecido na noite de 2/8/17, na casa da vítima, onde a ré morava há alguns meses. Após um desentendimento, Ana Paula teria atacado Aparecida, primeiro asfixiando-a e, em seguida, desferindo vários golpes de faca contra o peito. Foi causa da morte a hemorragia em razão dos ferimentos.

Ao depor em juízo, durante a instrução do processo, a acusada negou ter cometido o crime. À polícia, contudo, disse ter se defendido da irmã. 

Processo nº 21700060442 (Comarca de Bento Gonçalves)


EXPEDIENTE
Texto: Márcio Daudt
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tjrs.jus.br
 


Publicação em 10/07/2019 18:30
Esta notícia foi acessada: 675 vezes.

Tweetar