Júri de acusado de tramar a morte da esposa
começa amanhã em Canoas


(Imagem meramente ilustrativa/Arquivo TJRS)

Inicia-se nesta terça-feira, 3/12, às 9h30min, no Foro de Canoas, o júri popular de Anderson José dos Santos e André Ellwanger Friedrich, acusado de tramar a morte da esposa, Andressa, no Bairro Estância Velha, na cidade. O fato aconteceu em 18/9/16, quando Anderson, então funcionário de André, no que seria um assalto simulado, acabou atirando contra a cabeça da vítima. A filha do casal estava no automóvel.

A sessão de julgamento será presidida pela Juíza de Direito Betina Mostardeiro Mühle de Constantino, da 1ª Vara Criminal da Comarca canoense. A previsão é de que o júri dure até três dias. Estão convocadas 14 testemunhas - cinco pela acusação, nove pelas defesas.

Os réus, que estão presos, responderão por homicídio qualificado (feminicídio, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima). Atuará em nome da acusação o Promotor Rafael Russomano. André será defendido pelos Advogados Mateus Marques Conceição e Augusto Gabriel Koch, e Anderson, pelo Defensor Público Andrey Régis de Mello.

O caso

Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público, André não aceitava a possibilidade de separação, o que implicaria na divisão de bens que ele ganhara em herança com a esposa. Teria então tramado o crime com Anderson, mediante promessa de pagamento.

Anderson teria agido no momento da chegada do casal em casa, exigindo o carro e que Andressa o conduzisse. Mesmo obedecendo, a vítima foi baleada. Ainda conforme a denúncia, após a fuga de Anderson, André continuou com a simulação ao acompanhar vizinhos no socorro à mulher.

Imprensa

O julgamento tem início com os eventuais depoimentos da vítima (homicídios não consumados), de testemunhas, seguidos do interrogatório do réu. Depois, na fase de debates, acusação e defesa, nessa ordem, têm hora e meia para apresentar argumentos. Caso desejem, podem dispor cada um de mais uma hora de réplica e tréplica. Os tempos são majorados nos casos em que há mais de um réu.

Processo 21600132491 (Comarca de Canoas)


EXPEDIENTE
Texto: Márcio Daudt
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tjrs.jus.br
 


Publicação em 02/12/2019 19:06
Esta notícia foi acessada: 779 vezes.

Tweetar