Seu Filho Cidadão


Ainda que pequeninas, as impressões digitais de uma criança conferem uma identificação única e segura desde cedo. Por isso, fazer a carteira de identidade o mais cedo possível é garantir, já na infância, os direitos de cidadão. Para incentivar os registros, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), lançou campanha de confecção de carteira de identidade para crianças e adolescentes.
Clique nos links a seguir, para ter acesso ao cartaz e a frente e o verso dos folders.
Benefícios

  • Praticidade para levar na carteira
  • Melhor conservação
  • Serve como documento para embarque em viagens nacionais e dentro do Mercosul
  • Auxilia o encontro de crianças e adolescentes em caso de desaparecimento tendo em vista o arquivo das impressões digitais que já estão definidas desde o momento do nascimento

Quanto custa?

  • Primeira via: Gratuita
  • Segunda via: Paga*
    *Isenção para pessoas em situação de pobreza
    *Isenção para pessoas vítimas de roubo (obrigatória a apresentação de boletim de ocorrência)

Onde Fazer?
Porto Alegre:

Departamento de Identificação do Instituto Geral de Perícias
Av.Azenha, 255
Fone: (51) 3223.6122

TudoFácilCentro
Av. Borges de Medeiros, 521

TudoFácil Zona Norte
Rua Domingos Rubbo, 51

TudoFácil Zona Sul
Rua Wenceslau Escobar, 2666

Posto Restinga (16ª DP)
Estrada João Antônio da Silveira, 2145

No interior:

Para obter o endereço do Posto do Departamento de Identificação mais próximo de sua residência verifique no site do InstitutoGeral de Perícias – www.igp.rs.gov.br

Como fazer?
Levar a criança e/ou adolescente, acompanhados de uma das seguintes pessoas: mãe, pai, avô(ó), irmão(ã) maior de 18 anos, guardião(ã) ou tutor(a) a qualquer Posto de Identificação do Instituto Geral de Perícias ou em uma dasUnidades doTudoFácil, se for residente em PortoAlegre. É possível fazer o agendamento no site: http://www.tudofacil.rs.gov.br
Quais documentos são necessários?
A certidão original de nascimento ou cópia autenticada. Nas unidades de Porto Alegre e noTudo Fácil, bem como nos Postos Regionais, não é necessário levar fotos.
Carteira de Nome Social (Decreto nº 49.122/2012):
Conforme o Decreto nº 49.122/2012, foi instiuída para travestis e transexuais no Estado do Rio Grande do Sul para exercício dos direitos previstos no Decreto nº 48.118/2011 e é válida para tratamento nominal nos órgãos e entidades do Poder Executivo do RS.
Pré-requisito: a carteira de identidade deverá ter sido emitida no Rio Grande do Sul.
Documentos necessários: certidão de nascimento original e carteira de identidade.
Quanto custa? Gratuita.
Onde fazer? Nos locais de atendimento do TudoFácil relacionados acima. No interior, vá até um posto de identificação do Instituto Geral de Perícias.