Notícias

Eproc: placar do processômetro ultrapassa 100 mil processos

21/AGO/2019 - 19:01

O sistema processual eletrônico eproc, adotado pelo Judiciário gaúcho, ultrapassou a marca de 100 mil processos distribuídos nesta quarta-feira (21/8). É o que mostra a ferramenta do processômetro, acessível através do link: https://www.tjrs.jus.br/novo/eproc/.

foto da capa do site do eproc com o número 100.622 de processos distribuídos

A implantação foi iniciada em janeiro de 2018 e vem avançando de forma rápida na área cível, pelo cumprimento do cronograma de implantação, que pode ser acompanhado no link: https://www.tjrs.jus.br/novo/eproc/cronograma/.

“É uma marca importante, que expressa o esforço do Poder Judiciário para incorporar o processo eletrônico e seus benefícios, como mais rapidez e economicidade, em favor das partes, dos operadores do Direito, enfim, da sociedade”, diz o Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro.

Fazenda Pública

Recentemente foi publicado o cronograma de implantação na Fazenda Pública (exceto os Juizados Especiais da Fazenda Pública), ainda para este ano.

Conforme o Presidente do TJRS, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, a antecipação do eproc na Fazenda Pública tem o objetivo de agilizar a cobrança de dívidas dos contribuintes com o Estado e Municípios.

O início está previsto para o dia 2/9 na Vara da Fazenda Pública de Santa Maria e 14ª Vara da Fazenda Pública da Capital, e será obrigatório para processos que ingressarem a partir dessa data. No mês de outubro novas unidades passarão a operar com o sistema, finalizando-se a implementação no mês de novembro

O eproc foi criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4). Consiste em uma solução única para ambos os graus de jurisdição, tanto para o público interno, quanto externo, acelerando a expansão do programa de virtualização no Poder Judiciário.

Fonte: Imprensa / TJRS
imprensa@tjrs.jus.br
<< Voltar