Notícias

Para maior segurança digital, usuários do eproc podem utilizar a verificação em duas etapas

31/MAI/2021 - 09:29

Você sabe o que é ou já ouviu falar em Autenticação 2FA?

Autenticação por Duplo Fator ou Duplo Fator de Autenticação é um recurso que oferece uma camada adicional de segurança ao login de usuário e que permite que você saiba se e quando alguém utilizou suas credenciais de acesso em dispositivos diferentes daquele que você costuma usar. Essa ferramenta é utilizada por instituições bancárias e por grandes empresas, como Facebook, Microsoft, PayPal, Twitter. E já pode ser usada no Sistema e-proc do TJRS, onde seu uso passará a ser obrigatório em data a ser divulgada.

Se, ao sacar dinheiro ou fazer qualquer transação no caixa eletrônico, você precisa informar a senha e também a impressão digital, saiba que está usando o 2FA. A dupla autenticação já faz parte da nossa rotina, no uso de e-mail, redes sociais, espaços de armazenamento em nuvem para guarda de arquivos, uso de aplicativos de bancos, etc.

Costumamos utilizar a senha, que garante a segurança e a privacidade dos dados. Mas ela não está livre de ser violada. Nesse caso, com a autenticação 2FA ativada, o usuário terá uma segunda etapa de verificação, o que dificultará o acesso indevido às informações pessoais e institucionais. Esse recurso não é infalível, mas pode reduzir muito o risco de correios eletrônicos, redes sociais e dados bancários sofrerem ataques hackers.

Como funciona

O primeiro fator de verificação sempre é a senha que o usuário cadastra no sistema. O segundo fator pode ser autenticado via impressão digital, reconhecimento facial, código sms, etc. Desse modo, se alguém descobrir a sua senha, não conseguirá efetuar transações, pois precisará do 2FA.

Como ativar no eproc

O procedimento é simples e pode ser acionado pelo próprio usuário.
Para ativar essa camada adicional de segurança é necessário baixar um aplicativo gerenciador de tokens, como o Google Authenticator. Para ativar o segundo fator de autenticação, você receberá um link, enviado para o seu e-mail, válido por 60 minutos.

Ao fazer login, você informará normalmente seu usuário e senha para entrar no sistema. O usuário também deverá abrir o app no celular,  digitar o código ativo e clicar em “validar”. O código muda a cada 30 segundos.

Acompanhe o tutorial com o passo-a-passo para ativar: https://eproc1g.tjrs.jus.br/eproc/externo_controlador.php?acao=instrucoes_2fa

Se você não conseguir validar o código por algum motivo, é possível requisitar a desativação. Será enviado um e-mail com o link de desativação, sendo necessário clicar nele para que o mecanismo seja suspenso.

Fonte: Imprensa / TJRS
imprensa@tjrs.jus.br
<< Voltar