Site oficial do TJRS

Ir para o conteúdo
Carregando...
A consulta de processos de execução criminal deve ser feita via Portal PEC.
Para acessar o Portal PEC clique aqui.
A consulta de processos de execução criminal deve ser feita via Portal PEC.
Para acessar o Portal PEC clique aqui.
Aguarde...

Conheça a ASSIPLAN                                                                                                                                                                                                                                                       https://www.youtube.com/watch?v=1Cn_SE7KELA

 

A ASSIPLAN tem por finalidade fomentar a inovação, o planejamento, a transformação digital e organizacional, o alinhamento estratégico e o acompanhamento de projetos institucionais dentro da Corregedoria-Geral da Justiça, na área de inovação e atuará como um elo entre a Corregedoria, o Laboratório de Inovação – Labee9 (recentemente instituído pelo Ato 042/2020-P e a Comissão de Inovação do TJRS - INOVAJUS. Com a ASSIPLAN a Corregedoria pretende identificar, valorizar e incentivar a divulgação de boas práticas que possam contribuir para o aprimoramento da justiça.

A Assiplan foi criada pela Resolução nº 1343/2021-COMAG.

Endereço e Contato
Palácio da Justiça – Praça Marechal Deodoro, 55, sala 314.
Centro Histórico – Porto Alegre/RS. CEP: 90.010-906
E-mail: cgj-assiplan@tjrs.jus.br

Estes são os principais objetivos da Assiplan:

  • Trocar experiência com outros Tribunais, identificando e compartilhando inovações e boas práticas que melhorem a prestação jurisdicional;,
  • Propor a realização de cursos de modo a disseminar as boas práticas ligadas à inovação;
  • Estimular a adoção de avanços na área de gestão e tecnologia, inclusive envolvendo soluções de automação ou de inteligência artificial nas rotinas relacionadas ao processo eletrônico, racionalizando o fluxo de trabalho, reduzindo o tempo de tramitação dos processos e otimizando o uso dos recursos humanos e materiais;
  • Acompanhar a evolução dos projetos de inovação, no âmbito da Corregedoria-Geral da Justiça;
  • Estimular e disseminar a cultura de inovação em colaboração ao Laboratório de Inovação do TJRS – Labee9;
  • Mentoria para magistrados e servidores que querem concorrer ao Prêmio Innovare ou outras premiações;

Sabemos da qualidade e dedicação de nossos magistrados e servidores, sendo natural a existência de inúmeras iniciativas voltadas à melhoria da prestação jurisdicional. Importante que todas estas boas práticas sejam disseminadas para todo Brasil, sendo o Prêmio Innovare uma ótima forma de divulgação. Para auxiliar você nesta tarefa, elaboramos o Guia do Prêmio Innovare. Nele, indicamos a melhor forma de estruturar o projeto, trazendo diversas dicas para valorizá-lo.

No documento você encontra:

  • Informações sobre o Prêmio Innovare e o Instituto Innovare;
  • Informações sobre as etapas e critérios de avaliação;
  • Instruções de como realizar a inscrição de uma prática no Prêmio;
  • Orientações a respeito da visita do Consultor do Prêmio Innovare;

Baixe o Guia clicando aqui.

Baixe o regulamento da premiação neste link.

Conheça as práticas do TJRS selecionadas para a 2ª fase do Prêmio Innovare que receberam mentoria da ASSIPLAN

 

 

CEJUSC EMPRESARIAL
CEJUSC EMPRESARIAL
O Centro Judiciário de Soluções de Conflitos Empresariais (CEJUSC EMPRESARIAL) realiza de maneira virtual mediações coletivas ou individuais relacionadas às questões envolvendo o Direito Empresarial, especialmente no que se refere aos Direitos Societário e da Insolvência, no âmbito pré-processual e processual. Para conhecer a plataforma de abertura de atendimento, clique aqui.

 


PROJETO DESCOMPLICA TJRS
PROJETO DESCOMPLICA TJRS
O Projeto Descomplica foi criado pela Comissão de Inovação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (INOVAJUS) com objetivo de que os textos sejam escritos de forma mais direta e simples, em busca de uma compreensão rápida, para que a mensagem seja eficaz.

 


APLICAÇÃO DE VISUAL LAW E LINGUAGEM SIMPLES NA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA
APLICAÇÃO DE VISUAL LAW E LINGUAGEM SIMPLES NA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA
Ação da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) para elaborar Ofícios Circulares e outros documentos com redação simplificada, para que as orientações oficiais cheguem de forma objetiva. Além do texto, foi modificada a apresentação gráfica para facilitar a leitura e dar orientações mais claras e organizadas.

 


GOALS - AGENDA 2030 - CADASTRO DE PROJETOS
GOALS – AGENDA 2030 – CADASTRO DE PROJETOS
Aplicativo formulado pelo Serviço de Consultoria em Gestão e Qualidade e Assessoria de Gestão da Corregedoria-Geral da Justiça para reunir e apresentar todos os projetos da CGJ que envolvam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), adotados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Para acessar ao aplicativo, clique aqui.

 


REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA - PORTELINHA
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA – PORTELINHA
Projeto conduzido pela 1ª Vara Cível de Tramandaí em cooperação com Unidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, para efetuar a regularização fundiária de lotes urbanos, realizar a quitação do tributo municipal, atualizar o cadastro municipal e já extinguir os executivos fiscais.

 


ASSESSORIA DE INOVAÇÃO E PLANEJAMENTO - ASSIPLAN
ASSESSORIA DE INOVAÇÃO E PLANEJAMENTO – ASSIPLAN
A ASSIPLAN surgiu a partir das diretrizes da atual gestão do TJRS, de promover a cultura da inovação, o planejamento e o desenvolvimento da organização. O primeiro projeto da ASSIPLAN foi a criação do Guia Prêmio Innovare, com dicas para auxiliar a inscrição. De forma didática, o material apresenta as melhores formas de estruturar um projeto para concorrer ao prêmio.

 


TABELA DE PARÂMETROS DE DANOS MORAIS
TABELA DE PARÂMETROS DE DANOS MORAIS
Ferramenta de busca denominada Tabela de Parâmetros do Dano Moral, criada pela Comissão de Inovação do TJRS (INOVAJUS) e pela Escola Superior da Magistratura da AJURIS, em parceria com a PUCRS. O objetivo é auxiliar a tomada de decisão dos magistrados a tomada de decisão dos magistrados, facilitando a busca de precedentes sobre a matéria. A procura pode ser feita por matéria, assunto ou palavra-chave. Em lista, são apresentados os julgados, com número do processo, a ementa, as peculiaridades do caso e os valores aplicados. Para acessar à ferramenta, clique aqui.

 


CENTRAL DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO (CAP)
CENTRAL DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO (CAP)
A CAP tem o objetivo de prestar esclarecimentos aos usuários do eproc para visualização dos autos eletrônicos, apoio ao peticionamento eletrônico e ao andamento processual, tanto para advogados como para as partes e interessados. Para acessar à página da CAP, clique aqui.

 


CENTRAL DE CUMPRIMENTO CARTORÁRIO (CCC)
CENTRAL DE CUMPRIMENTO CARTORÁRIO (CCC)
A CCC foi criada para unificar o cumprimento cartorário dos processos eletrônicos eproc de várias unidades judiciais da Comarca, independentemente do magistrado que despachou no processo. Entre as vantagens estão o incremento de produtividade, a padronização dos procedimentos, a equalização da carga de trabalho dos servidores lotados em diferentes unidades, além de permitir melhor observância da ordem cronológica dos processos.